Últimas notícias

Actividades Cap

FNA 2024 será uma edição histórica

17 maio 2024

A 60ª Feira Nacional de Agricultura, que se realiza em Santarém de 8 a 16 de junho, foi ontem apresentada à comunicação social pelos promotores do evento.

A Administração do CNEMA, organizadora da Feira Nacional de Agricultura (FNA) apresentou ontem o programa para a edição de 2024, um ano muito especial e histórico por celebrar três aniversários em simultâneo: os 30 anos do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), os 60 anos da Feira Nacional de Agricultura e os 70 anos da Feira do Ribatejo. Estas datas marcantes serão destacadas com uma exposição de boas-vindas a todos os visitantes, no átrio exterior da entrada principal do CNEMA, onde através de uma viagem retrospetiva composta por fotografias, cartazes, anotações históricas e documentários, se mostra o percurso orgulhoso, resiliente e inovador do maior evento da Agricultura Nacional. Para tema central desta edição, a FNA 24 escolheu «A Pecuária Extensiva», uma actividade rentável e sustentável que ocupa 64% da superfície agrícola útil do território nacional. O administrador do CNEMA, Luís Mira explicou que “o objectivo da escolha deste tema é chamar a atenção dos cidadãos, dos políticos e do sector para a importância da pecuária extensiva, determinante na sustentabilidade do país e na preservação dos espaços rurais”. Vista como uma tendência sustentável e de largo impacto no sector agrícola português, com inúmeras vantagens, por exemplo, no apoio ao sistema agroflorestal, no incremento qualitativo dos produtos provenientes e derivados dos animais de pasto, na promoção e preservação do nosso património de raças autóctones, a pecuária extensiva chega ao século XXI, com cartas para dar, continuando a acompanhar o Homem como faz há milhares de anos. Ainda sobre este tema, lembramos a presença de Associações de Raças Autóctones e de empresas ligadas à pecuária nos Claustros do CNEMA, local que partilham com a exposição do concurso de fotografia “Raças Animais  Autóctones de Portugal – conservar a biodiversidade”, uma competição pelo INIAV e que recebeu quase seis centenas de imagens. No exterior do recinto haverá uma montra das diferentes raças autóctones de bovinos, equinos, galinhas, caprinos, ovinos e suínos, um espaço sempre muito apreciado por visitantes de todas as idades. No que respeita aos seminários e debates que compõem as «Conversas de Agricultura», destacamos do vasto Programa agora anunciado, o Ciclo de Conferências Pecuária Extensiva de Sequeiro (dias 11, 12 e 13), Recursos Genéticos Animais -Conservação e melhoramento genético (11), Desafios das primeiras semanas dos vitelos (11), Workshop Raças Autóctones (11), Sequestro de carbono na produção animal extensiva (11), Vias para uma agricultura extensiva sustentável (14). Mais informações no documento anexo. FNA24-APRESENTACAO-FNA24.pdf Fonte: CNEMA, 16/05/2024